Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Granjinha/Cando

e Vale de Anta... factos, estórias e história.

Granjinha/Cando

e Vale de Anta... factos, estórias e história.

Valdanta que futuro ?

09
Mai13


Júlio Carneiro é um «rapaz» educado, culto e militante de boa-fé.

 

Mas já tem idade e condição para se mostrar autónomo das rasteiras cumplicidades partidárias, confundidas errónea ou abusivamente com ideologia ou projectos políticos.

 

Pela boa conta como pessoa em que o tenho e pela consideração que lhe devoto, lamento que Júlio Carneiro  se preste a servir de muleta a gente espúria que tem conduzido CHAVES (o Município) desastradamente, gente que não tem pingo de vergonha e que teima em impor a sua ruindade e má-fé chamando-as, hipocritamente, de “verdade, honestidade, competência, dedicação, lealdade”.

 

Os seus dois tutores partidários locais não o merecem.

 

Para ser Presidente da Junta de Freguesia de VALDANTA, Júlio Carneiro não precisa de se juntar a «pavões» e «lalões» covardes, impostores, desleais, e cretinos.

 

Na presidência da Junta da Freguesia de VALDANTA, Júlio Carneiro passará mais Quatro Anos a  cumprir os serviços mínimos  para a Freguesia e os de faxina sempre às ordens (conveniências) dos seus capatazes.

 

Por isso, com «este» Júlio Carneiro, VALDANTA ficará com uma de duas alternativas: parada ou andar para trás. E esta parece-nos a mais provável. Infelizmente.

 

 

 

 

 

Luís da Granginha

estórias ou História...

03
Mai13

Reunião Ordinária da Câmara Municipal  de  Chaves  Realizada no dia 03 de Julho  de 2008


IV PEDIDOS DE APOIO / ATRIBUIÇÃO DE SUBSÍDIOS:  
1. ATRIBUIÇÃO DE DONATIVO COM VISTA AO RESTAURO DA CAPELA DE SANTA COMBA DA GRANJINHA – CLUBE DA HISTÓRIA DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS DO AGRUPAMENTO VERTICAL NADIR AFONSO. PROPOSTA Nº. 63/GAPV/2008.

Foi presente a proposta identificada em epígrafe, cujo teor se transcreve, na íntegra, para todos os efeitos legais--------

I – Da Exposição de Motivos --------------------------------------------------

O Departamento de Ciências Sociais e Humanas do Agrupamento Vertical Nadir Afonso, através do seu CLUBE DA HISTÓRIA, promoveu uma acção, que consistiu na visita de estudo às seguintes Igrejas e Capelas do Concelho de Chaves: Santa Leocádia, Santa Maria de Moreiras, Nossa Senhora da Azinheira e Santa Comba da Granjinha. 

No decorrer das visitas verificaram que, de todas, a Capela de Santa Comba da Granjinha era a mais necessitada de realização de intervenção de requalificação, pelo que foi lançado o desafio aos alunos no sentido de proceder a um sorteio, cuja receita reverteria a favor das obras de restauro da referida capela. ----------

 Levada a cabo tal iniciativa foi obtida a quantia de 740,00 € (setecentos e quarenta euros). Este sucesso deveu-se ao empenho dos Alunos, Professores, Associação de Pais e Conselho Executivo.

Este montante, ainda que simbólico, representa para o imaginário dos alunos deste estabelecimento de ensino, a efectiva requalificação de um edifício classificado do nosso Concelho – Capela de Santa Comba da Granjinha.

II – Da Proposta em Sentido Estrito -----------------------------

Atendendo às razões enunciadas, sou de submeter à aprovação do executivo camarário a seguinte proposta: -

a) Que, em cumprimento com o disposto na aliena h) do número 1 do artigo 64º, da Lei 169/99, de 18 de Setembro e ulteriores alterações, delibere aceitar o donativo do Agrupamento Vertical Nadir Afonso, no valor de 740,00€; -------------------------

b) Em caso de parecer favorável, delibere a inclusão, no Plano Plurianual de Investimentos para 2009, da acção “Requalificação daCapela de Santa Comba da Granjinha” dotando-a com o montante mínimo da doação aprovada.

Chaves, 30 de Junho de 2008 ------

 O Presidente da Câmara Municipal de Chaves

(João Gonçalves Martins Batista)

DELIBERAÇÃO: Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, aprovar a referida proposta. Notifique-se. ----

Mais deliberou apresentar os seus agradecimentos ao Agrupamento Vertical Nadir Afonso pelo generoso gesto praticado a favor das populações locais e do interesse público em geral.